Bichos como nós

Gatos não atendem ao seu chamado de propósito

foto: flickr.com/uomoelettrico foto: flickr.com/uomoelettrico

Snobes. Mesmo quando não veem os donos, eles reconhecem a voz, mas preferem não fazer nada. Por quê?

 

Quem testou essa relação entre gato e dono foi o pessoal da Universidade de Tóquio. Eles pediram a 20 donos de gatos para gravarem a própria voz enquanto chamavam pelo bichinho.  Então, visitaram a casa de cada um deles. Quando os donos estavam fora de vista, colocaram as gravações – dos donos e de outros três estranhos chamando por eles.

 

Os pesquisadores analisaram as respostas dos gatos pela maneira como moviam as orelhas, rabo e cabeça, dilatação dos olhos e se mexiam as patas. E os gatos davam mais sinais de respostas às vozes dos donos do que às gravações de desconhecidos. Mas preferiam não sair do lugar. Ficavam paradinhos.

 

"Esses resultados indicam que os gatos não respondem ativamente aos donos que estão fora de vista, mesmo quando eles distinguem suas vozes”, conclui a pesquisa. "Historicamente falando, gatos, ao contrário de cachorros, não foram domesticados para obedecerem às ordens humanas. Em vez disso, eles parecem ter tomar a iniciativa na relação homem-gato”.

 

Ah, não faz mal. São tão fofos.

Fonte: Super Interessante

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários

Siga-nos na Rede

 fb icon 325x325   Facebook           tweter   Twitter

Espaço Lusófono © 2013 . Todos os direitos reservados

Login ou Registe-se

LOGIN

Registe-se

User Registration