Bichos como nós

Por que manter o gato dentro de casa?

Se você ainda insiste na teoria que gato feliz é gato com acesso a rua, leia este artigo e saiba porque mante-lo no domínio de sua casa é sem dúvida a melhor opção. Descubra também como dar "liberdade" e felicidade com segurança para seu bichano.

 

Esta é uma questão polêmica e sempre me perguntam por que o gato não pode ir à rua. Diversas são as causas de evitar que o gato saia para passear. Acredito que o principal motivo para manter os gatos indoor é a transmissão de doenças por contato direto.

 

Uma das doenças mais comuns transmitidas entre os gatos é a rinotraqueíte, causada pelo herpes vírus. Não é contagiosa para os humanos e nos gatos adultos não costuma causar grandes problemas, mas nos filhotes pode ser até fatal.

 

Com relação às viroses incuráveis e letais encontram-se o famoso trio PIF, FIV e FeLV. APIF (peritonite infecciosa felina) e a FeLV (leucemia felina) são transmitidas por contato direto (lambedura, por exemplo). A FIV(imunodeficiência viral felina) é transmitida nas brigas (mordedura). Vale lembrar que, dessas três, aqui no Brasil temos vacina apenas contra leucemia.

 

Com relação à famosa toxoplasmose, os gatos de rua são os mais suscetíveis, pois mantém hábitos de caça (pombos, ratos, etc.) e essa doença sim pode contaminar o homem.

 

Permitindo que seu gato dê algumas voltinhas ele também está sujeito a ataques por cães, por outros gatos, atropelamento e envenenamento. Atualmente o gato é o animal que mais sofre maus-tratos por parte dos humanos (dados obtidos por peritos veterinários).

 

Gatos que têm acesso à rua caçam passarinhos. Os gatos já são considerados um perigo para a fauna, pois eles não caçam apenas para se alimentar. Você pode oferecer a melhor ração de qualidade, mas se ele tiver acesso à rua irá caçar boa parte do tempo.

Outro inconveniente são as pulgassarnas carrapatos. Pulgas não são tão inocentes e podem transmitir doenças do sangue e vermes intestinais aos bichanos.

 

Por último e não menos importante oCONTROLE POPULACIONAL. Gatos possuem facilidade em se reproduzirem e o excesso de animais de rua é um problema enfrentado há muitos anos aqui no Brasil.

 

Os animais que vivem confinados podem ter uma vida feliz, basta introduzir no ambiente: brinquedos,prateleiras para o gato escalarecaixas de papelão com furospara fazer de esconderijo. Essas dicas podem ajudar a evitar o tédio e problemas comportamentais.

Geralmente os gatos levam em torno de 15 dias para se adaptar a uma nova situação, portanto é melhor acostuma-lo a ficar preso em casa desde filhote.

 

Alguns gatos podem se acostumar a passear de coleira, como um cão. Se você quiser tentar primeiro acostume o gato a usar coleira (peitoral) e guia dentro de casa, depois inicie os passeios gradativamente, sempre retornando caso aconteça algo que deixe o gato muito estressado.

Veja AQUI AQUI inúmeras sugestões bacanas, de como você pode evitar as fugas do seu gatinho

 

Se for absolutamente impossível seu gato ficar preso em casa então siga as seguintes dicas para evitar alguns dos problemas citados:

- aplique um produto que previna pulgas, sarna e vermes uma vez ao mês, mas somente com receita veterinária;

- mantenha seu animal anualmente vacinado;

- leve seu gato para ser castrado(fêmeas e machos);

- não corte suas unhas, com elas o gato pode subir em árvores e evitar o ataque por cães.


por Dra. Laila Massad Ribas

 fonte: Dicas Peludas

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários

Siga-nos na Rede

 fb icon 325x325   Facebook           tweter   Twitter

Espaço Lusófono © 2013 . Todos os direitos reservados

Login ou Registe-se

LOGIN

Registe-se

User Registration