Bichos como nós

Homem acusado de cortar cordas vocais a cães "para diminuir latidos"

Homem acusado de cortar cordas vocais a cães "para diminuir latidos" Foto Susana Vera/reuters

 

 

Os Moços d'Esquadra, a polícia da Catalunha, acusam um homem de ter submetido alguns dos seus 21 cães a uma operação de remoção das cordas vocais.

 

O acusado alega que o fez para diminuir o som dos latidos.Ao espanhol "El País", o indivíduo, identificado como José M. C., admitiu ter submetido vários cães a uma intervenção cirúrgica fora da Catalunha, mas defendeu-se, dizendo não ter feito nada que os prejudicasse e realçando que gosta muito dos animais.Cortar as cordas vocais - cordectomia - é uma prática antiga, proibida em algumas regiões de Espanha, como a Catalunha, Andaluzia, Valência.

 

Ainda na semana passada, a 16 de março, o Congresso dos Deputados aprovou a adesão do país à Convenção Europeia para a Proteção dos Animais de Companhia, que bane definitivamente este tipo de cirurgia, a não ser que, na sua base, estejam razões terapêuticas do animal.

 

O veterinário Ignacio Moral, com quem o "El País" falou, adiantou que a cordectomia pode comportar efeitos nefastos para a saúde do animal, servindo de exemplo o aumento da probabilidade de o mesmo ficar em estado vegetativo.

 

A denúncia contra o acusado, residente em Lliçà d'Amunt (Vallès Oriental), chegou aos Mossos d'Esquadra - que divulgaram o caso esta terça-feira - em novembro de 2016, altura em que deram início à investigação.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários

Siga-nos na Rede

 fb icon 325x325   Facebook           tweter   Twitter

Espaço Lusófono © 2013 . Todos os direitos reservados

Login ou Registe-se

LOGIN

Registe-se

User Registration