Bichos como nós

EUA: Carteiro constrói rampa para ajudar cão idoso

EUA: Carteiro constrói rampa para ajudar cão idoso Foto: Reprodução/ 9news

Há alguns anos, o carteiro Jeff Kramer começou a cobrir uma rota diferente na cidade de Boulder, no Colorado, EUA. Em uma das casas estava o labrador Tashi e pode-se dizer que foi “amizade à primeira vista”.

 

 

“No primeiro dia que eu o vi, ele correu o mais rápido que pode e veio em minha direção balançando a cauda de um lado para o outro,” contou Jeff ao DailyCamera. “Ele é um cão muito amável e eu tenho uma queda grande por cães.”

 

Todos os dias, mesmo quando Jeff não tinha nada para entregar na casa de Tashi, ele sempre parava para cumprimentar o seu grande amigo.

 

Infelizmente, o labrador já é um cão idoso e a idade avançada trouxe uma série de problemas, entre eles, as dificuldades em se movimentar. Tashi não consegue mais descer as escadas de sua casa sozinho.

 

Foto: Reprodução/ 9news

 

“Nós tínhamos que, literalmente, carregar ele para subir ou descer as escadas,”contou Karen Dimetrosky, a tutora do labrador. “Isso era um pouco complicado levando em consideração que ele pesa aproximadamente 70 libras (31.75 Kg).”

 

Vendo a situação do seu amigo, o carteiro então decidiu fazer o mesmo que ele havia feito para o seu antigo cãozinho, Otie, quando o mesmo começou a ter os mesmos problemas. Sem esperar nada em troca, ele construiu uma rampa de madeira para que Tashi pudesse entrar e sair de casa.

 

“Ele é um homem incrível. Nós temos a rampa há apenas alguns meses e isso tem ajudado a todos nós,” conta Karen. A tutora contou que a amizade entre os dois é tão forte, que Jeff lembrou e foi até a casa de Tashi no dia de seu 14º aniversário.

 

O carteiro confirmou que ao contrário da crença popular, a maioria dos cães que ele vê em sua rota são amigáveis, mas ainda têm aqueles que não vão com sua cara.

 

“Cerca de 40 cães que sempre são amigáveis e vem me cumprimentar quando vou entregar alguma correspondência em suas casas. Mas tem uns três ou quatro que parecem que querer me devorar,” contou Jeff.

Fonte: Clube para Cachorro

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários

Siga-nos na Rede

 fb icon 325x325   Facebook           tweter   Twitter

Espaço Lusófono © 2013 . Todos os direitos reservados

Login ou Registe-se

LOGIN

Registe-se

User Registration