Bichos como nós

Cinco cães resgatados da indústria da carne redescobrem a alegria de viver

Cinco cães resgatados da indústria da carne redescobrem a alegria de viver Foto: Holidog Times/Nicole Moore

 

 

Cinco cães originários da China aterrissaram em Chicago (EUA) a caminho de suas novas casas. Eles foram encontrados em matadouros e em caminhões de carne e resgatados por ativistas chineses.

 

Embora sejam inofensivos e adoráveis, todos foram considerados “perigosos” pela lei chinesa simplesmente devido ao seu tamanho – acima de 11,8 polegadas – e estavam entre as 29 raças consideradas ilegais. Foi quando a Vanderpump Dog Foundation entrou em cena.

 

Foi o primeiro resgate da organização e toda a equipe dedicou muito tempo e esforço para que isso acontecesse.

 

Holidog Times/Nicole MooreFoto: Holidog Times/Nicole Moore

 

“Temos trabalhado muito duro para tentar fazer tudo conforme as regras e regulamentos. Definitivamente foi uma viagem”, disse John Sessa, um dos fundadores da Vanderpump Dog Foundation.

 

Havia 85 cães no santuário Shenzhen Dog Protection Association quando a equipe de fundação começou a trabalhar com a organização. Apesar de ser um dos únicos abrigos aprovados pelo governo, os cães estavam vivendo em um piso de concreto apertado.

 

A equipe fez várias viagens à China para resgatar os cães. Todos foram amigáveis, mas cinco deles formaram conexões especiais com os ativistas.

“BenBen me via entrando no abrigo e corria até mim para saltar em meus braços”, disse Sessa.

 

Holidog Times/Nicole MooreFoto: Holidog Times/Nicole Moore

 

Os filhotes passaram 36 horas no avião e, ao chegarem aos Estados Unidos, alguns hesitaram. Mas, depois de apenas uma hora com os voluntários, eles não paravam de sorrir de tão felizes que ficaram pelo excesso de amor e atenção que receberam.

 

BenBen, Coral, Jiao, Sa e Xiabao foram salvos pelo Blackdogs Rescue, localizada em Kentucky (EUA), e quatro ainda estão procurando casas para sempre. Um dos cães já foi adotado e dois irão para o centro de resgate Camp Jean, onde terão mais de 10 hectares para correr e brincar.

 

Sessa falou sobre os objetivos de Vanderpump para os animais resgatados: “Mesmo que estes sejam cães grandes e promissores, eles nunca serão adotados lá. Queremos começar a realocá-los internacionalmente. Estamos levando-os para pessoas que estão comprometidas com a causa e querem realmente perpetuar a nossa missão que é acabar com o comércio de carne”.

 

Holidog Times/Nicole MooreFoto: Holidog Times/Nicole Moore

 

A fundação também é parceira da organização Stop Yulin Forever que trabalha para encerrar o festival anual de carne de cachorro que matou pelo menos 10 mil cães no ano passado. Ativistas pelos direitos animais estimam que o número real é algo em tono de 40 mil cães e 10 mil gatos que são espancados e depois assassinados para alimentação.

 

O evento não é uma tradição chinesa. Na verdade, foi iniciado em 2010 por restaurantes locais e comerciantes de carne de cachorro no sul da China.

 

Soma-se à natureza perturbadora do festival o fato de muitos animais serem sequestrados de suas famílias. Muitos ainda usam as coleiras de seus antigos tutores enquanto são transportados por centenas de quilômetros em gaiolas apertadas sem comida ou água.

 

Graças às equipes de Shenzhen e à Fundação Vanderpump, esses cinco cães nunca mais terão que temer esse destino novamente, informou o Holidog Times.

fonte: Anda

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários

Siga-nos na Rede

 fb icon 325x325   Facebook           tweter   Twitter

Espaço Lusófono © 2013 . Todos os direitos reservados

Login ou Registe-se

LOGIN

Registe-se

User Registration